Os processos históricos ou alternativos da fotografia é o tema da exposição. A escolha deste foi feita pelos alunos do Curso de Fotografia profissionalizante da escola Pró Arte Campinas.
A técnica escolhida foi o Marron Van Dyke, Patenteado em 1895, por Arndt & Troost. Esse é o resultado da união de sais de ferro e prata para obtenção da solução fotossensível. O nome de Marron Van Dyke se deve por conta sua tonalidade de marrom obtida, que é muito semelhante as encontradas nos quadros do pinto flamengo do século XVII, Anton Van Dyke.
Selecionamos fotos com os seguintes temas: de cidade, paisagem, natureza morta e pessoas para produzir em todos os tons de marrom que a técnica oferece. A exposição acontecerá na Escola Pró Arte Campinas e contará com fotos dos alunos Daiana Oyarzo, Flávia Munhoz, Gorete Araujo, Lyncon Furquim, Bibi Fernandes, Danilo Marroni e Pamella Pinheiro

Abertura 14/07/2017
Local: Escola Pró Arte de Campinas

 

LEAVE A REPLY